Brasil lança a 1ª moeda colorida para celebrar 200 anos da Independência


As moedas serão produzidas pela Casa da Medalha e destinadas a colecionadores. Foto: Divulgação/BC

O Banco Central lançou duas moedas comemorativas em homenagem aos 200 anos da Independência do Brasil, no próximo dia 7 de setembro. Uma das moedas é de prata e a outra é a primeira moeda da história a conter aplicações de cor, com uma faixa em verde e amarelo.


Ela é de cuproníquel — mistura de cobre e níquel. O lançamento, nesta terça-feira, 26, foi feito pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.


“As duas moedas que lançamos retratam esse momento histórico que trouxe como desfecho a independência do nosso país”, afirmou o durante lançamento, transmitido on-line.



Moedas de R$ 2 e R$ 5


O destaque do lançamento é a moeda na versão de cuproníquel, a primeira da história a conter aplicações de cor em um dos lados.


Na parte de trás, ela exibe uma faixa em tons de verde e amarelo e a primeira estrofe do Hino da Independência, escrito em 1822, por Evaristo da Veiga.


Ela tem diâmetro de 40 mm, e o valor de R$ 2.


A tiragem inicial será de 5 mil unidades e a máxima de 20 mil unidades.



Moeda de prata


Já a de prata, tem diâmetro de 30 mm e valor de R$ 5.


A tiragem inicial dela será de 10 mil unidades e máxima de 40 mil unidades.


Na parte de trás, ela tem uma composição de imagens: o quadro “Sessão de Conselho de Estado”, de Georgina de Albuquerque, que está no Acervo do Museu Histórico Nacional, e a litografia “Dom Pedro I: Imperador”, de Sébastien Sisson, que pertence à Biblioteca Brasiliana Guita, e José Mindlin da USP.



Para colecionadores


As moedas serão produzidas pela Casa da Medalha e destinadas a colecionadores.


Elas estarão disponíveis para a venda exclusivamente pelo site Clube da Medalha.


A versão de prata custará R$ 420 e a de cuproníquel, R$ 34.



Fonte: Só Notícia Boa

17 visualizações