Em Minas Novas, garrafas PET são transformadas em vassouras


“Reciclagem é transformação. Tudo que se transforma deve se transformar para melhor. É gratificante saber que garrafas PET que iriam para o lixo são transformadas em vassouras, fazendo parte da rotina de muitos lares, sítios e empresas. Todos estão contribuindo com o meio ambiente”, conta a produtora rural, advogada e artesã Elisabeth Borges Coelho, advogada, que confecciona também “vassouras sustentáveis”.


Conhecida como “Bebete”, ela sempre se preocupou com o meio ambiente e já fazia arrecadação de garrafas PET nas casas do município de Minas Novas para as utilizar para a criação de peças de artesanato. Em uma de suas participações em cursos do Sistema FAEMG, ficou encantada com a técnica de aproveitamento de garrafas para a fabricação de bebedouro e comedouro. Então, foi orientada a procurar o curso de Materiais Recicláveis/PET e aprendeu a fazer a “vassoura de bruxa” e a “vassoura limpa vaso”. A primeira reaproveita 18 garrafas de dois litros e uma de 600 ml. A segunda, nove garrafas de dois litros e uma de 600ml.


Depois de aperfeiçoar a confecção, Bebete começou a empreender e agora produz mais três modelos diferentes, reaproveitando 12 garrafas de dois litros para cada vassoura. “Todo o trabalho é feito à mão, desde a higienização das garrafas até a montagem das vassouras”.


Apesar de muito contribuir com o meio ambiente, a artesã não se sente uma “representante da sustentabilidade”. “Minhas ações ainda são Individuais. Apenas faço a minha arte, reaproveitando itens que iriam para o lixo. A reciclagem e o artesanato se completam”.





Parcerias que incentivam


Em 2018, Bebete foi convidada para participar do curso Mulheres Empreendedoras, promovido pela Aperam BioEnergia e, por meio de campanhas ambientais feitas pela empresa, recebeu doação de mais de 12 mil garrafas PET.


“A história de Bebete é inspiradora desde o momento em que ela vai até o curso para aprender até a sua postura diante do meio ambiente. Em especial na fabricação de vassouras, percebemos o impacto de uma metodologia eficiente e também a necessidade de contar com o apoio de empresas, como a Aperam, que é parceira de longa data também do Sistema FAEMG”, disse o gerente regional do Sistema FAEMG em Araçuaí, Luiz Rodolfo Antunes Quaresma.


“Por meio da parceria com o Sistema FAEMG, temos fortalecido iniciativas que vão ao encontro da proteção do meio ambiente, reduzindo o descarte de resíduos, fortalecendo a economia local e fomentando o empreendedorismo feminino”, destacou o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino.



Fonte: Sistema FAEMG

48 visualizações