Lindomar e Terezinha: uma bela história de amor


O filósofo Blaise Pascal escreveu que “o coração tem razões que a própria razão desconhece”. Pois bem, vejamos a história de Lindomar e Terezinha.


No ano de 2005, os dois, que eram moradores da zona rural de Capelinha, se conheceram na colheita do café. Começaram a namorar, e era o irmão de Lindomar quem o levava, de moto, na casa da amada, em uma comunidade distante.


Tudo corria bem, até que Lindomar começou a beber e o vício acabou o dominando. A doença do alcoolismo tomou uma grande proporção, e foi preciso acolhê-lo para tratamento, tendo como opção de momento o Asilo do Sagrado Coração, na Rua Tamboril.


Para ficar perto de Lindomar, Terezinha foi morar, com sua mãe, adivinhem onde... Em uma casa próxima ao asilo. E aí então, a vida, que é esse misto de sanidade e loucura, foi tratando de resolver as coisas.


Primeiro, Lindomar se propôs a parar de beber. E foi cumprindo a promessa. E Terezinha foi cuidando dele como vizinha, como visitante, como parceira de vida. Inclusive, na pandemia, impossibilitados de se verem pessoalmente, trocaram mensagens e ligações todos os dias.


E agora, que já tem 10 anos que Lindomar não coloca uma gota de álcool na boca, o amor falou mais alto que tudo, e os dois decidiram se casar.



Corrente do bem pelo amor


Foi formada então uma grande corrente do bem: a Prefeitura de Capelinha, por meio da Assistência Social, atuou junto com a direção do Asilo Sagrado Coração de Jesus e com outros benfeitores sociais, e veja só...


O Lindomar após o casamento, irá mora com Terezinha, o grande amor da sua vida, que enfrentou percalços para ficar com ele. E o casal ganhou:


- locação de vestido de noiva, ornamentação da igreja, suporte socioassistencial com benefícios eventuais de auxílio aluguel e cesta básica. Além disso, vai ter uma festa bem bonita, organizada por amigos e a comunidade, para celebrar a união tão sonhada.


O casamento no civil será nesta quarta-feira, às 13h, e o casamento na Igreja (de Nossa Senhora do Sagrado Coração) será quinta-feira, 9 de junho, às 16h.



Acompanhamento


O Lindomar continuará a ser cuidado pela Assistência Social, através do Serviço de Supervisão em Alta Complexidade, e também pelo CRAS, pela Secretaria de Saúde e pelos demais serviços do município que trabalhem a doença e o ajudem a garantir a promessa de não mais beber.


E a Terezinha? Será a noiva mais linda de todas, caminhando em direção ao altar para realizar o sonho de se casar com o seu grande amor. E tem mais: a família do Lindomar, que hoje é formada pelos assistidos do Asilo Sagrado Coração, pelos confrades e pelas consócias da Sociedade São Vicente de Paulo, pelos funcionários da Assistência Social, pela direção e pela equipe do asilo, e por várias pessoas que os apoiaram durante a última década... Estarão todos na igreja, numa grande comunhão de boas vibrações, torcendo muito para que esse casal seja muito feliz.


Parabéns, Lindomar, por vencer o vício e mostrar que o amor é muito maior. Parabéns, Terezinha, por nunca ter desistido dele. Que o amor de vocês possa ser exemplo de dedicação, doação, entendimento e companheirismo.


VIVA O AMOR!



Fonte: Prefeitura de Capelinha

47 visualizações