'Papo de Sapo': desenho animado une ciência, música e entretenimento



Como divulgar a ciência no Brasil e apresentar à população de forma lúdica e didática os estudos e as descobertas acadêmicas? Essa era a preocupação do doutor em Biologia Animal pela Universidade Federal do Espírito Santo e pesquisador da Unicamp, Raoni Rebouças que, em 2020, desenvolveu o projeto 'Papo de Sapo'.


A ideia foi transformar pesquisas sobre anfíbios em animações musicais com o objetivo de transmitir, principalmente às crianças, os conhecimentos e o gosto pela biologia.


O trabalho, que começou apenas com Raoni, hoje conta com cinco voluntários que atuam na composição das músicas, criação das animações e edição dos vídeos, além de mais de 20 colaboradores de vários estados do Brasil e até de outros países.


Fonte: G1

0 visualização