Primeiro bispo de Diamantina vai virar estátua

Dom João chegou no município em 1.876 e foi responsável pela fundação da Fábrica de Tecidos de Biribiri.

Dom João Antônio dos Santos foi o primeiro bispo da cidade de Diamantina, em Minas Gerais. Ele vai ser homenageado e virar estátua na cidade.


Dom João chegou ao município em 1.876 e, além da fé, levou esperança para os mais necessitados. O bispo fundou a Fábrica de Tecidos de Biribiri, com o objetivo de arrecadar fundos para as obras de caridade.


"Ele foi um homem à frente do seu tempo, visionário que deixou um legado importante para as próximas gerações. A idéia da estátua é reforçar para a população de Diamantina o valor do bispo Dom João para a cidade, sobretudo, enfatizar para os estudantes", revela o prefeito de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque (DEM).

A escultura está nascendo das mãos da artista Vânia Braga e do auxiliar Diego Rodrigues. A obra de arte será fundida em bronze.


Vânia descreve o processo de criação da seguinte forma: primeiro ela faz um laboratório para conhecer e apurar com bastante sensibilidade a história e características do homenageado, e assim fazer a modelagem.


A artista procura sempre passar a sua digital, esculpindo com a alma, trazendo movimento e vida para o monumento.

A estátua de Dom João já passou pela parte que a artista considera a mais difícil, o rosto. "É fundamental a busca mais próxima da feição e características do homenageado", explica Vânia Braga.


A previsão é que a obra fique pronta em 60 dias. Depois disso, do ateliê da artista ela vai direto para o largo que já recebe o nome do bispo em Diamantina, Largo Dom João.

Segundo o prefeito da cidade, Juscelino Brasiliano Roque (DEM), o local está sendo restaurado para recebê-la.



Fonte: Estado de Minas

10 visualizações