Trabalho com equinos gera boa renda à produtor


O desejo de estar em constante aprendizagem é uma característica comum entre os alunos do Sistema FAEMG. Fábio Aparecido Mendes da Costa conta uma história parecida com a de muitos que foram beneficiados pelos cursos e programas da instituição. “Comecei a fazer os cursos aos 15 anos e me lembro que o meu pai até assinou para que eu pudesse participar. Desde então, não perco a oportunidade de aprender”.


Fábio é um dos profissionais mais reconhecidos em sua região no que se refere a equinos. Casqueamento, ferrageamento, doma, rédeas, manejo e sanidade são as suas especialidades. Atualmente, sai de seu pequeno município, Fronteira dos Vales, para trabalhar nos maiores haras da região e cidades, como Pedra Azul, Machacalis, Joaíma, Rubim e Jequitinhonha.


“Não dou conta de atender todos que me procuram. Acompanho também cavalos que estão em algum tratamento e sou indicado pelos veterinários para conduzir o animal. Tudo isso devo ao Sistema FAEMG, pois, sem ele, não teria o conhecimento que tenho hoje”.


Além da gratidão, Fábio carrega consigo a missão de multiplicar o que aprendeu e fundou uma escolinha de equitação básica para crianças carentes de Fronteira dos Vales. “É muito gratificante contribuir para que outras pessoas permaneçam na nossa cidade. Um dos fatores que me deixa ainda mais grato foi a oportunidade de ser bem-sucedido sem sair de perto da minha família. Que o Sistema FAEMG continue ativo para dar instrução e contribuir com a qualidade no serviço e na vida de mais e mais pessoas”.


O instrutor Adelson Reis de Souza acompanhou Fábio em vários cursos e elogiou o foco do ex-aluno. “Desde o início, vi um grande potencial nele, pois sempre estava atento ao conteúdo e na execução proposta. Além disso, é um rapaz caprichoso. Para nós, instrutores, é muito gratificante ver que o aluno seguiu se desenvolvendo e se tornou um grande profissional”.


“Fábio é um verdadeiro exemplo de superação! Veio de família humilde da zona rural e se tornou um profissional muito reconhecido. Também é um parceiro na organização e logística de turmas, buscando recursos junto à Prefeitura para a continuação dos cursos do Sistema FAEMG no município. Ele sempre valorizou o apoio que recebeu”, ressaltou o mobilizador do Sindicato dos Produtores Rurais de Águas Formosas, Cirânio Celestino de Souza.


“Essa história prova que o investimento feito na capacitação vale a pena. É um retorno que inspira para que outros alunos tenham foco e não deixem de contribuir para a propagação do conhecimento”, afirmou o gerente regional do Sistema FAEMG em Araçuaí, Luiz Rodolfo Antunes Quaresma.



Fonte: Sistema FAEMG

3 visualizações